Foto Foto · 'Postais do BósforoVIII–Lenda do Sultão', de Vitor Nunes
Fotos
Descrição
Comentários
Favorita de...
Tema 1000imagens :
Inserida em :
17 Maio 2003
Data :
Setembro 2002
Local :
Turquia
Pós Processamento :
--
Velocidade :
--
Visitas :
4834
Abertura :
--
Comentários :
15
ISO :
--
Os 3 últimos postais desta série, respeitantes ao lado asiático de Bósforo, serão acompanhados de três pequenas histórias que me foram inspiradas por uma lenda relacionada com uma das imagens. Fica, assim, pago o tributo à tradição e mistério daquela região tão rica em fábulas e encantamentos pelo prazer que me proporcionou com estas imagens.

A Lenda do Sultão que era dono do mundo

Era uma vez um sultão que era dono do mundo, assim o julgava ele e todos quanto sabiam da sua existência. Tão longe quanto podia correr um cavalo ou voar um pombo ou soprar o vento nas velas de um barco, nada nem ninguém se atrevia a pôr em causa o poder, a fama, a riqueza de senhor tão importante. Bastava uma palavra sua e outros que se julgavam importantes nas suas terras logo acediam à sua vontade tão longe chegavam os feitos dos seus exércitos, a força do seu dinheiro, o esplendor da sua corte. Era o verdadeiro Senhor e quem não lhe prestasse vassalagem bem poderia esperar os piores castigos, o degredo, a fome, a miséria e, mesmo, a morte.
Um dia chegou ao mercado, junto ao palácio do sultão, um mercador que vendia galinhas e trazia uma bem gorda que punha ovos formosos e em grande quantidade, a fama da galinha chegou aos ouvidos do sultão que quis ver o fenómeno com os seus olhos e ficou de tal forma deslumbrado que disse ao mercador para lhe vender a galinha. Este ciente da importância do sultão com fama de dono do mundo acedeu à pretensão e pediu em troca três moedas de ouro, que ousadia exclamou o sultão e ordenou que dessem ao mercador meio dinar em cobre que era paga mais que suficiente para quem poderia levar a galinha sem nada pagar.
Para provar o seu estatuto, imediatamente pegou o sultão na galinha e esta logo pôs um ovo na sua mão, para que não ficassem dúvidas de quem mandava ali ordenou arrasar a banca do mercador e depois levantando o ovo ao alto para ser bem visto pela multidão que presenciava a cena, cortou-lhe uma extremidade e bebeu o seu conteúdo como afirmação de nada se poder sobrepor à sua vontade.
Aplaudido, aclamado, vitoriado em delírio por todos aqueles que já comiam ovos e por outros que esperavam vir a come-los, retirou-se para o luxo do palácio onde veio a morrer nessa noite entre vómitos e diarreias provocados por uma intoxicação de salmonelas.

Epílogo: Embora hoje já ninguém se lembre do nome do sultão que era o dono do mundo o seu contributo para a história da humanidade foi muito importante pois desde então todos sabemos que se deve ter cuidado com as salmonelas e que não é conveniente comprar galinha gorda por pouco dinheiro.

Não foi especificado equipamento nesta foto!
PermaLink :
http://www.1000imagens.com/foto.asp?id=04880703029451
Partilhar
Facebook
Twitter
Pinterest
StumbleUpon
Digg
Delicious
Orkut

Partilhe esta imagem com o seu dispositivo móvel.
Topo da Página
Termos de Serviço | Política de Privacidade | Política de Cookies | F.A.Q. | Planos
© 2002 - 2019 1000imagens.com - Todos os Direitos Reservados