Foto Foto · 'Postais do Bósforo IX–Lenda do Califa', de Vitor Nunes
Fotos
Descrição
Comentários
Favorita de...
Tema 1000imagens :
Inserida em :
19 Maio 2003
Data :
Setembro 2002
Local :
Turquia
Pós Processamento :
--
Velocidade :
--
Visitas :
5163
Abertura :
--
Comentários :
19
ISO :
--
A Lenda do Califa que entendeu as virtudes da poluição

Era uma vez um califa que fazendo jus ao cargo governava um califado. Era um califado onde as dificuldades eram suportáveis, as desavenças se iam harmonizando, as colheitas davam para uns comerem mais e outros menos e a justiça era melhor distribuída pelos que mais podiam pagar, em suma, não se diria que viviam como Alá com o Profeta mas era terra de paz e gentes tementes dos céus.
Tinha uma particularidade este califado, era a paixão pela pesca de todos os seus habitantes, menos do califa. Quem os queria ver satisfeitos era vê-los a borda de água com linha e anzol embeiçando tudo quanto era peixe. Até era actividade com vantagem para a dieta daquela terra sem recursos abastados.
Um dia, há sempre um dia para tudo, chegou ao califado um estrangeiro que se apercebeu ser ali usado um liquido mal cheiroso que embebido numa mecha servia para alumiar, o que era muito útil para fazer reuniões nocturnas a contar e ouvir histórias. Tal liquido pastoso era colhido num poço profundo perto duma velha mina, o estrangeiro comprou muito baratos os terrenos da mina que incluíam um lago seco que quando tinha água havia servido para separar o minério e que agora, mina e lago, não tinham utilidade. Mandou cavar um túnel entre o poço e a mina e o liquido passou a escorrer para o lago seco, depois pagou a uns meliantes para atulharem o poço e passou a ser o único proprietário do tal liquido mal cheiroso que começou a vender por bom dinheiro.
O califa, que não gostava de peixe nem de pescar, veio a inteirar-se desta situação quando ela já era o tema de conversa e descontentamento em todas as concentrações de pescadores, que eram muitas e frequentes. Convocou o conselho de ilustres do califado disposto a dar solução justa para o problema causado pelo estrangeiro e quando se preparava para propor um retorno à normalidade anterior, abertura do poço em terras públicas, fecho do túnel que levava o liquido para o lago seco e tudo em paz como dantes, deparou-se-lhe a forte oposição dos ilustres, que não senhor, que assim é que estava bem, que deviam pagar por aquilo que lhes pertencia. Confuso o califa mandou reunir os chefes das aldeias e para seu espanto a reacção ainda foi mais acesa em defesa do estrangeiro, que deviam trabalhar na embalagem e distribuição do tal liquido com pagas mais baixas que nas restantes actividades para evitar que fosse com aquelas ideias favorecer califados vizinhos, que deveriam mesmo pagar ao estrangeiro para ele levar o liquido para a terra dele onde ainda se alumiavam a bosta de boi seca. Estupefacto o califa apercebeu-se que quanto mais peixe comiam os seus súbditos mais assanhadamente defendiam o estrangeiro e começavam mesmo a pôr em causa a sua legitimidade de califa. Muito preocupado pediu conselho a um velho sábio que havia sido deu preceptor e este disse-lhe: “Meu filho, o lago secou mas o veio de água continua a passar mais fundo, o liquido pastoso e mal cheiroso infiltra-se e a água leva os seus resíduos para os rios onde os homens pescam peixes que agora os enlouquecem quando os comem”.
O califa reflectiu longamente sobre a situação e no dia seguinte mandou comprar uma cana de pesca e passou a comer refeições reforçadas com os peixes por ele pescados e outros que lhe eram oferecidos e rapidamente passou a entender como eram justas as acções do estrangeiro e como tinham razão os seus súbditos que as apoiavam, tendo sido califa por longos anos dum califado que respirava felicidade.

Epílogo: Embora hoje já ninguém se lembre do nome do califa que entendeu as virtudes da poluição o seu contributo para a história da humanidade foi muito importante pois desde então todos sabemos as vantagens que os povos têm em pagar para que outros usem os seus próprios recursos, vantagens essas que são inegáveis e notórias principalmente para os califas.

Não foi especificado equipamento nesta foto!
PermaLink :
http://www.1000imagens.com/foto.asp?id=04936803029451
Partilhar
Facebook
Twitter
Pinterest
StumbleUpon
Digg
Delicious
Orkut

Partilhe esta imagem com o seu dispositivo móvel.
Topo da Página
Termos de Serviço | Política de Privacidade | Política de Cookies | F.A.Q. | Planos
© 2002 - 2019 1000imagens.com - Todos os Direitos Reservados